Motivação e rendimento no trabalho

Entenda a relação e conheça maneiras efetivas de motivar seus colaboradores

De algumas décadas para cá, a motivação no ambiente de trabalho passou de coadjuvante para item de extrema relevância na vida dos profissionais. Isso aconteceu porque as empresas nacionais e internacionais perceberam que esse fator pode produzir uma melhor integração entre a equipe, além de um desempenho superior em trabalhos individuais. O assunto se tornou tão sério que rendeu uma pesquisa da consultoria Right Management. Após entrevistar 30 mil pessoas de 15 países, sendo 100 delas brasileiras, a instituição concluiu que pessoas motivadas são 50% mais produtivas.

“Quando falamos em motivação, o primeiro ponto a se pensar é que esse sentimento acontece de dentro para fora, para qualquer pessoa, ou seja, esse indivíduo já possui uma motivação para o trabalho. Então o papel do líder não é despertar a motivação, e sim mantê-la”, explica Juscelino Neves, Coach e diretor da Kriar Gestão de Pessoas.

Contrariando o senso comum, essa motivação nem sempre envolve aumento de salário. Segundo os estudos da Right Management, além da recompensa salarial, há também as sociais, simbólicas e não materiais.

Para Juscelino, não existe uma fórmula para motivar pessoas. “Às vezes essa motivação pode vir de coisas pequenas como um café da manhã, uma fruta, um happy hour, um bolo no dia do aniversário do funcionário ou até mesmo uma campanha que envolva prêmio ao bater meta, com viagem ou um dia de beleza” comenta ele, acrescentando que a vivência é um ponto importante para detectar maneiras de motivar. “O líder precisa entender o que funciona com essa equipe”.

Franqueada do Giraffas desde 1992, Patrícia Leal reconhece os efeitos positivos da motivação. Com 8 restaurantes da rede em vários estados brasileiros, a empresária emprega mais de 190 pessoas, adotando atividades de Boas Práticas e Campanhas de Incentivo em todas as suas unidades. “As pessoas só dão o que recebem. Colaboradores felizes resultam em clientes felizes”, comenta ela.

Uma das Campanhas de Incentivo aplicada por Patrícia é o programa “Smiles”, idealizado por ela, em parceria com outra franqueada. A ação foi pensada com o intuito de utilizar a aplicação dos processos básicos do dia a dia da equipe como uma ferramenta engajadora, que reconhece as boas práticas com premiações de acordo com sua performance diária no restaurante, como no atendimento, a dedicação na operação, higiene, trabalho em equipe, pontualidade e também na excelência da execução das Boas Práticas de Fabricação. Patrícia constatou que, depois de colocar o programa em prática, a retenção de funcionários, qualidade no atendimento e serviços prestados, tiveram um crescimento expressivo em suas operações. “O Smiles é, sem dúvida, a ferramenta que mais integrou o exercício correto e com qualidade das atribuições nas operações. Nossos colaboradores trabalham determinados a ganhar o maior número de elogios e pontos positivos, o que faz com que nosso atendimento se torne referência de qualidade.”

Patrícia faz parte Comitê de Gestão de Pessoas, que se reúne três vezes durante o ano, contando com pessoas da franqueadora e franqueados considerados referências. Os integrantes desse comitê têm como objetivo discutir ações e ferramentas de boas práticas para potencializar a gestão de pessoas nos restaurantes, atuando como peça fundamental para compartilhamento e disseminação de informações, além de tomadas de decisões. Foi como resultado dos trabalhos do comitê, que o Giraffas implantou a Pesquisa de Clima nos restaurantes, ferramenta de mensuração e análise que visa identificar pontos positivos e oportunidades que podem ser trabalhadas na gestão de pessoas das operações; e o Manual Interno Giraffas (MIG), um material rico em informações para os gerentes dos restaurantes, onde ele consegue entender o real papel da liderança e como desenvolver pessoas para seu crescimento profissional, entre outras ações motivacionais e de incentivo.